[ editar artigo]

Zona da Solução e a Zona do Problema no mundo corporativo

Zona da Solução e a Zona do Problema no mundo corporativo

Evelin Uehara, Coordenadora de Treinamento e Desenvolvimento, fala sobre clima organizacional no mundo corporativo.

 

O mundo corporativo é cheio de nuances! Se você, assim como eu, faz ou fez parte do time de uma grande empresa, irá se identificar com o que trouxemos aqui! 

O ambiente corporativo pode ser muito agradável e motivador, mas também pode ser pesado e hostil. O tipo de clima que uma empresa tem, está diretamente ligado as pessoas que fazem parte do time, sim! O clima organizacional é construído e sustentado por pessoas! E por todas as pessoas!

É certo dizer que o topo da hierarquia, a liderança, tem uma influência direta na cultura e no clima da empresa, mas essa afirmação não tira a influência que as pessoas que ocupam cargos mais técnicos e especialistas também possuem no ambiente. 

Diante disso, podemos considerar que os colaboradores de uma empresa podem ser divididos em duas zonas, a Zona do Problema e a Zona da Solução

Colaboradores da Zona do Problema são aqueles colaboradores que contribuem para um clima ruim na organização, seja porque só conseguem olhar para os problemas que a organização tem, e, diga-se de passagem, toda organização tem problemas, ou por produzirem tais problemas através de conflitos não-saudáveis. Destacamos abaixo algumas características comuns desse perfil: 

  • Reclamam de maneira excessiva;
  • São detratores da empresa, falam mal da empresa;
  • Raramente propõem inovações para a empresa.
  • Têm dificuldade para aceitar inovações propostas pelos outros.
  • Têm comportamentos negativos na maior parte do tempo.

Já os colaboradores da Zona da Solução, diferente do que muitos pensam, conseguem enxergar todas as oportunidades de melhoria da empresa, mas como eles se veem do mesmo “lado” que a empresa, se propõem a ajudar, fazendo críticas construtivas para as pessoas certas e de maneira respeitosa, ou até mesmo arregaçam as mangas para solucionar o problema. 

Veja algumas características desse perfil: 

  • Conseguem colocar suas opiniões de forma sincera e respeitosa;
  • Estão sempre trazendo ideias novas;
  • Têm um bom relacionado com todos os níveis hierárquicos;
  • Veem possíveis problemas como desafios a serem superados;
  • Trabalham felizes e por isso seu comportamento é positivo;
  • São promotores da empresa, defendem a empresa.

 E você, consegue identificar pessoas e se identificar em alguma dessas zonas?  

Se você está mais para a zona do problema do que da solução, observe-se e, ao invés de questionar a empresa, questione-se!  

Será que você e a organização possuem os mesmos valores? Será que o papel que você exerce está alinhado ao seu propósito? Traduzindo, você é feliz com o que faz? Todas essas questões interferem na sua percepção sobre a empresa e consequentemente no seu comportamento e performance, por isso, avalie se você é a pessoa certa no lugar certo, afinal, temos sempre outras possibilidades! 

 

Você tem uma experiência sobre esse assunto e quer compartilhar com outros líderes? Clique aqui e escreva seu artigo!

Ou se inspire com esses outros artigos incríveis sobre liderança:

3 coisas super práticas que todo líder deve fazer, por João Paulo Pacifico, CEO do Grupo Gaia.
Como desenvolver a Liderança Ágil: humanização na prática, por Susanne Andrade, Sócia-diretora da A&B Consultoria e Desenvolvimento Humano.

 


Evelin Uehara

Curiosa por Comportamento Humano e apaixonada por pessoas e suas nuances.
Coordenadora de Treinamento e Desenvolvimento no mundo corporativo e Coach na Soul Up Coaching.

Líder Academy
Evelin Santana Uehara
Evelin Santana Uehara Seguir

Sou uma curiosa por Comportamento Humano e apaixonada por pessoas e suas nuances. Vivo meu propósito de contribuir para a felicidade no ambiente de trabalho atuando como Coordenadora de Treinamento e Desenvolvimento.

Ler conteúdo completo
Indicados para você