[ editar artigo]

8 Práticas do Líder Humanizado

8 Práticas do Líder Humanizado

Quais são as práticas do Líder Humanizado? Kiko Kislansky, co-fundador da Euzaria Moda Consciente e da Cazulo Consultoria de Negócios com Propósito, destaca 8 delas neste artigo. Confira. 

 

1 Desperte a verdade do seu time
A grande maioria dos líderes busca imprimir na equipe a sua própria verdade, seu próprio jeito de pensar, sentir e agir. O líder humanizado busca despertar no outro a sua verdade singular, ou seja, encorajar o outro a expressar a sua própria verdade, estando em contato direto com seus valores e crenças pessoais.

 

2 Deixe o seu time brilhar
Alguns líderes fazem de tudo para aparecer, para serem vistos e reconhecidos. E assim, acabam ofuscando o brilho da sua equipe, pois querem ser o centro das atenções. É como se todos os resultados fossem mérito apenas da liderança.

 

Escolha dar espaço para seu time brilhar, aparecer, fazer a diferença Muito além de querer “ser visto”, escolha “servir”. 

 

3 Foque nos Pontos Fortes
Ao invés de gastar tanto tempo identificando, analisando e buscando corrigir os pontos fracos dos integrantes do time, busque valorizar os pontos fortes de cada um. Ajude as pessoas a reconhecerem e apreciarem suas forças e virtudes de forma intencional. Enxergue o seu time como um centro de forças, ao invés de um centro de fraquezas. 

 

4 Foque no Propósito
Lidere com base na alma e não no ego. Lidere para fazer a diferença no mundo.

 

Conecte seu time com o real sentido do trabalho, o significado por trás das suas ações e tarefas diárias. Estimule-os a fazerem com que o trabalho seja uma expressão do propósito individual de cada um.

 

Desperte o time para a verdadeira mudança que querem causar no mundo através da empresa. 

 

5 Lidere com base no amor e não no ego
Sua equipe não é um grupo de pessoas trabalhando para gerar resultados para você. Sua equipe é um grupo de vidas com sonhos, valores, paixões, propósitos, sentimentos, emoções... pessoas que nasceram para evoluir e servir. Deixe de lado o “medo e controle” e comece a operar com base no amor.

 

 6 Celebre os “pequenos” resultados
Pare de focar apenas no destino final e comece a desfrutar da jornada. Cada ação consciente é motivo de celebração. Pratique a apreciação do momento presente. Conecte o time com o sentimento de celebração constante. Cada “pequeno” resultado pode se tornar um motivo de gratidão para a equipe.

 

7 Pratique a humildade
Você não é o dono da razão. Você não precisa saber tudo o tempo todo. Mostre suas vulnerabilidades. Isso gera conexão. Afinal, além de líder, você é humano. Ainda, inspire o desejo de aprender constantemente. Coloque-se no estado de aprendiz constante. Seja humilde, reconheça suas fraquezas, peça ajuda, afaste-se do patamar de “superioridade” e gere conexão genuína com as pessoas.

 

8 Lidere a si mesmo
Cuide da sua energia vital. Lidere seu corpo, sua mente, sua alma. Cuide do sono, da alimentação, da atividade física, da respiração.

 

Pratique a autocompaixão, para poder transbordar seu melhor para o seu time, e assim seu time poderá transbordar o melhor para o mundo. 

 


Kiko Kislansky é co-fundador da Euzaria Moda Consciente e da Cazulo Consultoria de Negócios com Propósito. Palestrante TEDx e autor de Muita Alma Nessa Hora – Lições para empreender com propósito .

 

Líder Academy
Ler conteúdo completo
Indicados para você