[ editar artigo]

Como transformar um hobby em carreira?

Como transformar um hobby em carreira?

Pode? Claro que pode.

Dá dinheiro? Claro que dá

É fácil? Claro que não.

Se você pensa em transformar o seu hobby em carreira, tenho 5 sugestões para você refletir:

1) Tenha certeza de que você quer transformar o seu hobby em carreira, mesmo. Talvez o seu hobby deva permanecer um hobby.

Sabe aquele sujeito que passou uma semana em um hotel incrível na praia e resolveu que o sonho dele era morar no litoral e abrir uma pousada? Então, ele não tinha pensado que ficaria sozinho nos dias de semana, que tudo mofa, que precisaria contratar serviços da cidade etc. Você viu o outro lado?

Considere se você aceita críticas ao seu trabalho autoral. Quer ser escritor? O editor do seu texto incrível vai revisar o seu trabalho e fazer mudanças. Quer viver de música? Um infeliz vai ter pedir para cantar aquela música famosa que você não aguenta mais. Alguém vai questionar a sua composição. Tudo bem?

Se você ama o seu hobby tanto assim, a ponto de relevar críticas e todos os perrengues associados a um negócio, vá em frente e transforme sua carreira.

2) Peça ajuda. Converse com quem faz o que você quer fazer. Pergunte. Investigue. Pesquise muito como será a sua nova vida. Vá de peito aberto, sem julgamento, afinal de contas, você não vai se tornar aquela pessoa, mas um combinado de tudo de bom que você coletar por aí e mais um pouco que já está em você mesmo.

Não sabe como fazer? Conte que você está considerando mudar de carreira e peça a ela que te contar a sua história. Simples assim.

Já passei horas nesses papos e sempre veio uma ideia bacana nessas conversas. E você ainda ganha vários novos amigos.

3) Considere passar por uma transição. Nada acontece da noite para o dia. Com algumas exceções, você provavelmente tem um trabalho que te remunera o suficiente para pagar as suas contas e do qual você não gosta. Ou seja, o seu tempo não poderá ser dedicado integralmente à transformação do seu hobby em carreira. Então, comece com uma versão menor, nas horas vagas.

Uma vez me perguntaram o que eu faria em um ano sabático se eu não tivesse restrições de família, dinheiro, volta ao mercado de trabalho etc. Já estava tudo planejado: eu passaria um ano morando em Paris, estudando história da arte de manhã e passeando a tarde. Então comecei a frequentar as galerias de arte de São Paulo aos sábados. Pois é, era o que dava. E sabe de uma coisa? Foi o suficiente.

Que tal testar a sua nova carreira com os seus amigos. Ofereça o seu produto ou o seu serviço e veja como você se sente, como os seus amigos reagem. Conte tudo, explique que está testando uma nova carreira, peça uma avaliação deles.

Você também pode mudar para um emprego que te ofereça mas flexibilidade de horários (afinal de contas, você quer apenas uma remuneração que pague as suas contas). E vá mudando o tempo de dedicação ao emprego atual e à nova carreira, progressivamente, de forma que você ainda tenha uma renda garantida. Tenha o pé no chão.

4) Faça um planejamento. Criar um novo negócio demora. Sim, o seu hobby, seja ele um produto ou um serviço, será um negócio. E demora para se tornar rentável. Mais do que você gostaria. Você precisará estabelecer metas, definir prioridades e trabalhar muito. Mesmo. Mas quem falou em trabalhar pouco? Era transformar hobby em carreira, não era? Monitore o seu planejamento e faça os ajustes necessários, porque o seu negócio precisa se estabelecer enquanto a sua reserva financeira aguentar.

5) Confie em você. Se você ama o seu hobby e quer transformá-lo em uma carreira, confie em você e nas suas escolhas. Se você acha que está no caminho certo, é porque você está, mesmo que não pareça.

É a sua vida, não a dos outros.

O seu estilo de vida certamente vai mudar, a sua remuneração será outra (para mais ou para menos!) e a sua mãe poderá achar uma loucura. Você vai querer desistir, vai se perguntar porque resolveu fazer tudo isso, vai querer desistir, de novo.

Mas uma coisa eu te garanto, vai dar certo. Sabe por que eu te garanto isso? Porque você fará o seu melhor e será feliz.

[foto de Bruno Scramgnon @ Pexels]

Líder Academy
Juliana Elorza
Juliana Elorza Seguir

Co-fundadora do Boma Brazil, rede global que capacita líderes em um mundo de mudanças constantes. Preparadora de palestrantes no formato TEDTalks. Advogada empresarial na outra vida.

Ler conteúdo completo
Indicados para você