A comunidade está de cara nova!
Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

OS 5 ESTILOS DE ESCUTA DEFICIENTE

OS 5 ESTILOS DE ESCUTA DEFICIENTE
Diogenes Marques
jan. 18 - 5 min de leitura
1 Curtidas
1 Comentários
0

"Para entender uma pessoa, você precisa escutá-la. Surpresa!"

Esta frase e o assunto aqui abordado é referente a uma leitura de apenas 30 minutos no livro de bolso "Os sete hábitos dos adolescentes altamente eficazes" de Sean Covey, baseado no célebre "Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes" de Stephen Covey.

 

Se você me acompanha nas redes ou lê meus artigos, com certeza já me ouviu falar bastante de competências comportamentais e como elas devem ser cada dia mais incutidas em nossa agenda de vida.

O que chamo de agenda de vida é nada mais nada menos que uma agenda física ou mental onde devemos incluir análises e atitudes comportamentais (revisão, ampliação, exclusão, transformação) da mesma forma que colocamos em nossas agendas o pagamento da conta de energia, reuniões, compromissos e até mesmo o já consciente-inconsciente - tomar banho e escovar os dentes.

Grife a palavra compromisso na sua vida, você percebeu que eu dei um destaque para te alertar? Nossa revisão de atos e comportamentos devem fazer parte de nossos compromissos. Diógenes, compromisso com quem? Com você mesmo. E assim nessa revisão, você começa a assumir um compromisso com o outro, com o mundo, com o trabalho, com seus sonhos, com um desconhecido.


Mas, vamos voltar ao tema central aqui que diz respeito a comunicação empática.

 

"Quando as pessoas falam, raramente escutamos, porque estamos ocupados demais preparando uma resposta, fazendo um julgamento ou passando as palavras delas pelo crivo de nossos paradigmas." Sean Covey

 

  1. Ficar em órbita - acontece quando alguém está falando conosco mas não damos atenção porque a mente está orbitando em outra galáxia. O famoso "viajando". 
  2.  Escuta fingida - é a mais comum. Não prestamos atenção na pessoa e fingimos que estamos atentos. Às vezes somos solidários com "entendo" ou "legal". 
  3. Escuta seletiva - é quando prestamos atenção à parte da conversa que nos interessa, desmerecendo o restante. 
  4. Escuta de palavras - ocorre quando efetivamente prestamos atenção ao que alguém está dizendo, mas só ouvimos as palavras, sem observar a linguagem corporal, os sentimentos ou o verdadeiro significado por trás das palavras. 
  5. Escuta egocêntrica - acontece quando enxergamos tudo a partir do nosso ponto de vista. Desprezamos a história do outro e sobrepomos a nossa como mais importante. "Você acha que seu dia foi ruim? Isso não é nada. Espere até ouvir o que aconteceu comigo".


A única escuta eficaz é a Escuta Genuína, também conhecida como Escuta Empática onde buscamos escutar na essência, compreendendo a necessidade do outro com reações e respostas não-violentas. Fica a dica para exercitar cada vez mais sua escuta empática no seio familiar, no trabalho, nas suas relações sociais como um todo.


E, por último, venho alertá-lo para obter uma conversa Empática e CNV (comunicação não violenta) consigo mesmo. Sim... muitas vezes nos julgamos demais, nós mesmos nos desprezamos e perdemos a confiança. Este estado pode ser muito prejudicial. Assim, é importante você se escutar com empatia (autoconhecimento) e focar nos pontos fortes, nas forças de seu caráter e virtudes que moram em todos nós.


Deixo aqui dicas de algumas leituras que me fizeram aprofundar no tema da comunicação empática e levar como premissa para vida, treinamentos e palestras:

  • Comunicação Não-Violenta de Marshall Rosenberg
  • Cinco linguagens da valorização pessoal no ambiente de trabalho de Gary Chapman e Paul White
  • Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes de Stephen Covey
  • O palhaço é o psicanalista de Christian Dunker e Cláudio Thebas
  • Rápido e Devagar de Daniel Kahneman.


No Youtube tem inúmeros bons vídeos para assistir; seguem duas dicas:

  1. De uma instituição que gosto muito e sou consumidor de seus conteúdos e cursos, a "Casa do Saber": COMO APRENDER A ESCUTAR O OUTRO? | CHRISTIAN DUNKER
  2. Indico para RH e líderes; tem dicas super aplicáveis e ainda tem humor para compreendermos melhor nossos erros cotidianos. Do "Canal GNT": Você pratica seu poder de escuta e reflexão? | Episódio 3 | Masterclass Meia Palavra

 

Muitas das vezes líderes tem que desligar seus e-mails para escutar seus liderados. Um pai tem que desligar seu iphone, smartphone de última geração para escutar o filho. Um casal precisa desligar a TV para escutar o amor da sua vida. Um cidadão precisa desligar a buzina e a forma de se irritar para escutar a necessidade do outro cidadão.


Quando digo tudo acima, pode ter certeza de uma coisa: busquei as leituras acima no primeiro momento da vida, não para ensinar, mas para aprender a desaprender minha forma de me comunicar e não escutar o outro (liderados, amigos, familiares, alunos) para, ao reaprender, aprender uma nova forma de agir, me posicionar e poder te escrever este texto com algo que acredito ter sido essencial para minha vida.


E aí, gostou do assunto? Sim? Não? Quer contribuir? Quer dar um feedback empático? Fique à vontade! Eu escrevo aqui para nós nos relacionarmos, para aprender com os colegas, para compartilhar algo que acredito ser importante para outras pessoas. Assim, saiba que sua participação é de grande espera.

Abraços fraternos!

 


Denunciar publicação

Diogenes Marques

Mentor de Líderes, trainner de times, palestrante, Chief Happiness Officer., Autônomo

1 Curtidas
1 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você